Fairytale Winery

 

 

Yes, this is a story where elves, hobgoblins, dragons, fairies and other magical creatures have a very special role. Since 1999 they have been helping José Perdigão and his family produce the best wine of the Dão Region. Before that José had never touched or laid his hands on a vineyard. Nevertheless, Quinta do Perdigão, distinguished by The Wine Opus as one of Wineries in “a 21st century reference to more than 4,000 of the world's greatest wineries and their wines", is the most prized vineyard of the Dão region, since it started.

 

To have the privilege of having a conversation with José and his family and get into their world, where wine is produced with extreme care and love, almost like if it was  a gift from the gods. This is one of those unbelievable stories and an extremely successful one; that is why I believe elves, hobgoblins, dragons, fairies and other magical creatures live at José's farm helping him produce the most successful wine of the Dão. Not because he and his family are not competent enough – they are competent, one of a kind, loving human beings – but because what they have achieved is absolutely remarkable.

 

I was given the opportunity to follow José and his family for the season campaign at Quinta do Perdigão and to put it simply: love, extreme care and dedication, knowledge and a unique relationship with Nature produce the best Dão wine from grapes organically grown.

 

Each bottle is numbered and wax sealed by hand, with front and back labels that are serious works of art, coveted by wine lovers.

 

 

Series with 36 photographs and text.

 

 

 

Sim, esta é uma história onde elfos, duendes, dragões, fadas e outras criaturas mágicas têm um papel muito especial. Desde 1999 que têm ajudado José Perdigão e a sua família a produzir o melhor vinho da região do Dão. Quando José começou esta odisseia não tinha experiência alguma na matéria, contudo, hoje em dia, a Quinta do Perdigão, é distinguida pela Wine Opus como uma das 4.000 melhores adegas do mundo.

 

Ter o privilégio de conversar e conviver com o José e com a sua família, de entrar no seu universo, em que o vinho é produzido com extremo cuidado, com amor, quase como se fosse uma dádiva dos deuses. Esta é uma daquelas histórias inacreditáveis, de uma família extremamente bem sucedida; é por isso que eu acredito que elfos, duendes, dragões, fadas e outras criaturas mágicas vivem na quinta do José Perdigão ajudando-o a produzir o vinho mais premiado do Dão. Não porque ele e a sua família não sejam suficientemente competentes; há basta competência e são seres humanos extraordinários, mas porque o que eles atingiram é absolutamente notável, único.

 

Foi-me dada a oportunidade de acompanhar José e sua família durante as vindimas deste ano (2016) na Quinta do Perdigão: amor, carinho, cuidado extremo, conhecimento e uma relação única com a natureza produzem o melhor vinho do Dão a partir de uvas cultivadas biologicamente.

 

Cada garrafa é numerada e lacrada à mão, com rótulos e contra-rótulos que são obras de arte cobiçadas pelos enófilos.

 

Série com 36 fotografias e texto.

 

Back to Series

 

© 2017 John Gallo - All rights reserved